Durante esta semana a PRCA – Professional Rodeo Cowboys Association, anunciou em um comunicado em seu site oficial que estuda algumas possibilidades para que possa realizar a Wrangler National Finals Rodeo, agendado entre 03 e 12 de dezembro para Las Vegas. O evento é o principal da entidade mais antiga do rodeio e define os campeões mundiais de oito modalidades.

O maior problema da PRCA no momento são as restrições do estado de Nevada e da cidade de Las Vegas, que ainda não permite a realização de eventos com a presença de público seguindo as restrições adotadas devido a pandemia da Covid-19 e não há uma perspectiva de quando essas restrições podem ser alteradas.

Como a WNFR não se restringe somente às competições realizadas no Thomas & Mack Center, tendo em sua programação também o Cowboy Christmas, uma série de outros eventos paralelos que dependem da presença de público, como feira de negócios, exposições e demais atividades, a decisão necessita de uma certa urgência para que haja tempo hábil para qualquer planejamento.

De acordo com o comunicado, a PRCA terá uma decisão definitiva até o dia 30 de setembro e um dos cenários possíveis é a realização do evento em Las Vegas sem a presença de público. Isto seria um grande desafio financeiro para a entidade, já que sem público perderia com receitas de patrocínio, expositores, além da própria bilheteria dos múltiplos eventos que são realizados em torno da WNFR.

LEIA MAIS: PRCA VOLTOU ÀS ATIVIDADES APÓS MAIS DE 60 DIAS PARALISAÇÃO

Outra possibilidade estudada é a realização da Final Mundial deste ano em um novo local, em estados onde as restrições estejam mais flexíveis e que possa haver a presença de público, como Texas e Oklahoma. Nesta sexta-feira a entidade lançou em suas redes sociais um formulário para saber a opinião do público sobre comparecer no evento em outro local, mesmo durante a pandemia.

Na contramão das incertezas da PRCA, a PBR – Professional Bull Riders por exemplo, mantém sua Final Mundial confirmada para a cidade de Las Vegas entre os dias 04 e 08 de novembro, inclusive mantendo a venda de ingressos. Além do evento principal na T-Mobile Arena que irá coroar o campeão mundial de 2020, a PBR mantém confirmados também para a cidade a Final do Pendlenton Whisky Velocity Tour (31/10 à 01/11) e um evento da WCRA – World Champions Rodeo Alliance, exclusivo para as mulheres (03 à 07/11), que serão realizados na South Point Arena.

LEIA MAIS: PBR VOLTA A REALIZAR EVENTOS COM A PRESENÇA DE PÚBLICO

A grande diferença nesse caso é que a PBR já planejou há algum tempo o possível cenário de ter que realizar a PBR World Finals sem público, caso as autoridades locais não permitam eventos com a presença de expectadores até lá. Em junho a entidade realizou quatro eventos do PBR Monster Energy Team Challenge na cidade, sem a presença de público, o que garante a realização de uma Final Mundial restrita, sem a necessidade de buscar outro local.

Já para a PRCA, mesmo que haja uma alternativa financeira para realizar suas finais sem público e sem eventos paralelos, a possibilidade de conseguir uma nova sede para este ano e melhorar as receitas, certamente está pesando bastante. Ao mesmo tempo, abrir mão de Las Vegas com muita antecedência e algumas semanas depois as restrições acabarem, geraria um grande desgaste e muitas percas comerciais, sem poder voltar atrás na decisão.

Cerimônia de abertura da Wrangler National Finals Rodeo em Las Vegas (L.V. Review)

Realizada consecutivamente em Las Vegas desde 1985, a Final Mundial da PRCA distribui US$ 10 milhões em prêmios durante os 10 dias de competição. Além de não ser estrategicamente bom recuar no valor desta premiação mesmo durante a pandemia, ela precisa ser mantida porque o ranking do campeonato da entidade é feito através do dinheiro ganho durante a temporada e uma premiação menor que o previsto no evento decisivo poderia gerar muitas polêmicas.

Vale lembrar que a Wrangler National Finals Rodeo é em boa parte financiada pela Las Vegas Events, agência mantida pelos principais Hotéis e Cassinos da cidade, que também estão com restrições de público e tem suas receitas drasticamente diminuídas este ano. De acordo com a própria agência, a WNFR é o evento que traz mais movimento e receitas para Las Vegas, com um impacto estimado de US$ 200 milhões na economia da cidade.

Independente de local e da presença ou não de público, o comunicado publicado esta semana garante que os campeões mundiais de 2020 serão coroados, ou seja, haverá uma final. Como vários estados norte-americanos já liberaram os eventos com a presença de público e também frente a possibilidade de realizar um evento de portões fechados caso necessite, a única certeza que podemos ter até o momento é que haverá uma WNFR para encerrar este ano tão caótico para o mundo do rodeio.

>> Siga @rodeiosa no Instagram

ANÚNCIO
Compartilhar