PBR TROPHY: CONHEÇA O TRADICIONAL TROFÉU DA PBR

O troféu da PBR é inspirado em tantos outros esportes e se tornou um dos maiores símbolos do auge da carreira dos principais competidores de montaria em touros do mundo

Novo troféu da PBRUm dos símbolos mais emblemáticos da PBR, é o gigantesco troféu que acompanha a coroação do campeão mundial no encerramento de cada temporada. Objeto de desejo, inspirado em tantos outros esportes, o troféu surgiu na década passada e teve sua taça erguida por alguns dos mais lendários competidores da história.

Este ano, foi apresentada a segunda versão do troféu da PBR, substituindo a versão antiga e já tradicional, que foi aposentada após registrar o nome dos campeões mundiais dos primeiros 25 campeonatos. A nova versão tem lugar para a adição de 40 nomes, ou seja, deve ficar em atividade por até 40 anos.

Os primeiros registros em fotos do troféu tradicional são do ano 2000, quando Chris Shivers conquistou seu primeiro campeonato mundial, porém não conseguimos a confirmação se foi realmente neste ano que ele foi criado. Na época, ele foi entregue já contendo o nome de cada um dos seis campeões anteriores (1994 a 1999), registrados em seis fivelas de ouro.

Novo troféu da PBR
A primeira versão do troféu entregue simbolicamente à Chris Shivers, após seu título mundial do ano 2000 (Foto: Divulgação / PBR)

Assim como acontece em outros esportes, a taça é entregue simbolicamente ao campeão da temporada, mas fica em poder da PBR, que durante o ano a expõe em sua sede e em outros eventos em todo o país.

O troféu aposentado este ano, era trabalhado em ouro, prata e pedras preciosas, sobre uma base de mármore e está avaliado em cerca de US$ 250 mil. Sua última aparição foi durante o Iron Cowboy em Los Angeles, no mês de fevereiro e agora encontra-se na sede da PBR em Pueblo, no estado do Colorado.

 O NOVO TROFÉU

Apresentado em janeiro deste ano, durante a primeira etapa do campeonato mundial em Nova York, o novo troféu foi desenhado e desenvolvido baseado no anterior, mas ganhou traços e detalhes mais modernos e exclusivos.

Ao invés dos quatro lados que tinha o anterior, o novo tem uma base com oito lados, onde serão adicionadas as 40 fivelas com o nome dos próximos 40 campeões mundiais. Na parte debaixo, já foram adicionadas 25 fivelas menores, com o nome dos campeões anteriores.

Novo troféu da PBR
O novo troféu apresentado este ano, deve ficar ativo pelos próximos 40 anos (Foto: Divulgação / PBR)

Pesando 30 quilos, o novo troféu passou por 37 revisões e demorou cinco meses para ficar pronto, com trabalhos realizados nos Estados Unidos, México e Itália. Somente a taça que fica no topo do troféu e é erguida pelos campeões, pesa cerca de quatro quilos.

Desenvolvido pela Montana Silversmiths, a mais conhecida fábrica de fivelas dos Estados Unidos, o novo troféu contém 64 diamantes e está avaliado em US$ 500 mil.

Ele é assinado por Lance Nerby, designer que já desenvolveu taças para os principais esportes e competições norte-americanas, como NFL, NASCAR, MLB, US Open, entre outras. Também fizeram parte do projeto, Justin Deacon, designer chefe da Montana Silversmiths e Mary Michael, artista especializada em trabalhos em bronze.

Novo troféu da PBR
Entrada do troféu na PBR World Finals de 2011, carregada pelos fundadores da PBR, David Fournier e Cody Lambert, à frente, Ty Murray e Cody Custer, ao fundo, com a taça sendo carregada logo atrás, por Adriano Moraes, na época o único tricampeão da PBR (Foto: Steve Marcus)
ANÚNCIO
Compartilhar